Parafraseando, citando e resumindo no seu trabalho acadêmico

Durante a sua pesquisa você usa muitas informações e estudos de outros pesquisadores. Você faz isso porque o seu trabalho acadêmico explora ainda mais a pesquisa anterior. Você pode usar a pesquisa de outra pessoa de duas formas, nomeadamente citando ou parafraseando o trabalho dela. Quando cita o trabalho de alguém você literalmente copia as frases; quando parafraseia, você exprime a ideia da pessoa nas suas próprias palavras.

No entanto, é importante citar sempre a fonte que utilizou. Se não fizer isso, você comete plágio.

Citação

A citação é quando você literalmente copia parte de um texto. É sensato limitar o número de citações, pois elas não facilitam a leitura do seu trabalho. Além disso, se usar muitas citações, você vai parecer preguiçoso. Ademais, quando usar uma citação você pode dar a impressão de que não entendeu a fonte ou que não leu o texto inteiro.

Portanto, o mais lógico é usar a citação apenas quando for necessário. Por exemplo, você pode usar uma quando quiser fornecer uma definição de um certo conceito. Você também pode considerar usar uma quando o autor tiver escrito uma frase de forma tão bonita ou poderosa que uma paráfrase iria diminuir a qualidade do texto. Finalmente, em algumas disciplinas, as citações desempenham o papel de evidência (por exemplo, na análise de poesias).

Avise o leitor de que ele está lendo uma citação ao colocá-la entre aspas. Se a citação for longa (mais de 3 linhas no Estilo ABNT e mais de 40 palavras no Estilo APA), você irá precisar formatá-la como texto recuado, transformando-a em um bloco de citação.

Exemplo de uma citação:

Segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, citar é: “Transcrever, referir ou mencionar como autoridade ou exemplo ou em apoio do que se afirma” (Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, 2010).

Tente sempre manter uma citação o mais curta possível, de preferência que não tenha mais do que algumas frases. Você também pode encurtar uma citação; por exemplo, você pode substituir uma parte redundante ou irrelevante por reticências (…).

No entanto, tenha o cuidado de não pegar uma citação fora de contexto, por exemplo, citando apenas uma frase que apoie a sua pesquisa de um estudo que contradiz a sua pesquisa.

Paráfrase

Quando você parafraseia algo, você descreve um (uma parte de um) estudo com as suas próprias palavras. Ao fazer isso, você pode facilmente ajustar uma teoria existente dentro da sua própria pesquisa. No entanto, embora a paráfrase esteja em suas próprias palavras, a ideia ainda é de outra pessoa. Portanto, você tem sempre que citar a sua fonte quando parafraseia. Também é importante sempre introduzir a paráfrase. Você pode fazer o seguinte: “Janssen (2008) afirma em sua pesquisa que …”.

Exemplo de paráfrase

Texto original

Plágio e direito do autor no universo acadêmico
Source: http://www.puc-rio.br/sobrepuc/admin/vrac/plagio.html
O plágio não tem nada a ver com a citação bem intencionada e referenciada a autores, com o uso de uma dissertação ou tese como ponto de partida para a construção de uma nova teoria, com a influência inspiradora de um músico, artista plástico ou coreógrafo, ou, ainda, com a coletânea histórica, poética, cultural devidamente caracterizada. No entanto, muitas vezes, o limiar entre o inocente uso das fontes e a cópia maliciosa é bastante estreito, dando margem ao crime, mas também a múltiplas situações de conflito”.

Paráfrase
O Informe da Vice-Reitoria Acadêmica da Pontífica Universidade Católica do Rio de Janeiro (2015) afirma que usar as ideias apresentadas em um trabalho acadêmico é aceitável, desde que não seja de má fé e que as referências sejam devidamente atribuídas aos autores. A universidade afirma ainda que há uma linha tênue entre o plágio e o uso correto de uma fonte, e que o estudante pode e deve ser punido por lei quando cometer plágio acadêmico.

Paráfrase ou resumo?

O termo “paráfrase” é geralmente usado quando alguém descreve a pesquisa de outra pessoa nas suas próprias palavras. No entanto, isso não é inteiramente correto. Uma paráfrase é uma descrição de uma certa citação de outra pessoa, colocada nas suas próprias palavras.

Uma paráfrase é, portanto, aproximadamente do mesmo tamanho da citação do texto original. Quando você descreve completa ou parcialmente o resultado de uma parte mais substancial da pesquisa, dá-se o nome de resumo.

Há uma clara diferença entre parafrasear e resumir. No entanto, no geral (como também é o caso na maior parte das universidades), ambos são chamados de paráfrase.

Dicas gerais

  • Cite ou parafraseie apenas os autores de artigos que têm autoridade em seu campo de pesquisa.
  • É importante que a citação ou a paráfrase acrescente um valor à sua pesquisa. A citação ou paráfrase também deve se encaixar com o resto do texto. O texto anterior ou após a citação ou paráfrase deve esclarecer o que você quer dar a entender.
  • Uma citação ou paráfrase não está completa sem uma citação dentro do texto e um registro na sua lista de referências, formatado corretamente no estilo de referência apropriado.
  • Previna e verifique traços de plágio usando o Detector de Plágio do Scribbr.
Esse artigo é construtivo?
Bas Swaen

Bas é o co-fundador do Scribbr. Ele adora ensinar e é um escritor experiente de trabalhos acadêmicos. Ele tenta ajudar os estudantes escrevendo artigos sobre temas difíceis de forma clara e de fácil compreensão.

3 Comentários

Gildo
30 de julho de 2017 09:14

Gostei imenso gostaria de aprender mais sobre resumos e citações e, como frasear também fazer artigos gostei da explicação

Responder

RUTH BARBEDO
17 de agosto de 2017 17:22

Foi muito gratificante ler este artigo pois tenho dificuldade em criar paráfrase, analisar e interpretar teixo.

Responder

Eliete
15 de setembro de 2017 12:12

este texto me ajudou, pois ha uma dificuldade em separar a paráfrase o resumo obrigada pelo artigo

Responder

Deixe uma resposta